Igreja no Mundo
< Voltar
Cardeal Pedro Barreto, novo presidente da REPAM
Publicada em 14/10/2020 às 22:48:03

Nascida em 12 de setembro de 2014 como plataforma de articulação sinodal, a REPAM é presidida desde a sua criação pelo cardeal Cláudio Hummes, que agora entrega o serviço ao seu vice-presidente, o cardeal Pedro Barreto.

No comunicado, assinado pelo cardeal brasileiro, que é agora presidente da Conferência Eclesial da Amazônia - CEAMA, salienta-se que "a REPAM trabalha na promoção de uma Igreja com rosto amazônico e no cuidado da casa comum, com uma visão preferencial pelos povos indígenas e comunidades vulneráveis, para que eles possam ser os sujeitos prioritários de sua história".

Durante este tempo em que foi presidente, o cardeal Hummes afirma ter assumido "o desafio de fortalecer a rede com um trabalho comprometido no território para ouvir as demandas e desejos dos povos e, junto com as comunidades, construir os novos caminhos", insistindo que é "um exercício constante de escuta, diálogo, estrutura e adaptação", algo que tem sido levado a cabo num trabalho constante de avaliação.

A saída do cardeal Hummes é, como ele próprio afirma, o fruto de "um profundo e orante processo de discernimento" e a consequência do seu novo serviço eclesial na presidência da CEAMA, um dos frutos do Sínodo para a Amazônia. O novo presidente, cardeal Barreto, que iniciará oficialmente a sua nova função a 9 de novembro, no espírito sinodal, diz que assumirá o desafio de "continuar trabalhando juntos, de mãos dadas, mas sabendo que a CEAMA é a expressão de uma estrutura eclesial que abre o caminho para uma renovação da Igreja".

O comunicado afirma também que o novo vice-presidente da REPAM será conhecido após um processo de consulta. Ao mesmo tempo, é relatado que a Rede Eclesial Pan-Amazônica, no âmbito do processo de discernimento e reorganização, mudou o seu secretário executivo, função assumida pelo irmão marista João Gutemberg Mariano Coelho Sampaio, e que a sede está sendo transferida de Quito (Equador) para Manaus (Brasil).

Eis o comunicado na íntegra assinado pelo Cardeal Cláudio Hummes:

COMUNICADO DE MUDANÇA NA PRESIDÊNCIA

A Rede Eclesial Pan-Amazônica - REPAM é um organismo eclesial, nascido em 12 de setembro de 2014, como resultado do caminho realizado pela Igreja profética e encarnada neste território, co-fundada pelo Conselho Episcopal Latino-Americano – CELAM, pela Vida Religiosa na América Latina – CLAR, pela Caritas da América Latina e pela Comissão para a Amazônia dos Bispos do Brasil (CNBB), em resposta ao convite da Conferência de Aparecida, n. 475:

"Criar nas Américas consciência sobre a importância da Amazônia para toda a humanidade. Estabelecer entre as Igrejas locais de diversos países sul-americanos, que estão na bacia amazônica, uma pastoral de conjunto com prioridades diferenciadas para criar um modelo de desenvolvimento que privilegie os pobres e sirva ao bem comum".

É uma plataforma de articulação sinodal, compartilhamento de experiências e serviços para responder ao território dos nove países da Pan-Amazônia (Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Guiana, Guiana Francesa, Peru, Suriname e Venezuela). A REPAM trabalha na promoção de uma Igreja com rosto amazônico e no cuidado da casa comum, com uma visão preferencial pelos povos indígenas e comunidades vulneráveis, para que eles possam ser os sujeitos prioritários de sua história.

Desde a fundação da rede, assumi a presidência e, durante esses anos de gestão, assumimos o desafio de fortalecer a rede com um trabalho comprometido no território para ouvir as demandas e desejos dos povos e, junto com as comunidades, construir os novos caminhos.

Reconhecemos que a construção da rede a nível Pan-Amazônico é um exercício constante de escuta, diálogo, estrutura e adaptação, por isso a rede está em constante processo de consolidação, fortalecimento e articulação. Como processo em construção, a cada ano somos capazes de avaliar o caminho percorrido, identificar os principais frutos gerados e cuidar de como a rede deve e pode continuar a ser fortalecida.

Destaco que neste caminho, a REPAM foi responsável por acompanhar o processo de preparação e reflexão para o Sínodo Amazônico, que se realizou em outubro de 2019 em Roma, e que nos trouxe novos desafios. Como um dos frutos do Sínodo, e a pedido do Papa, foi criada a Conferência Eclesial da Amazônia (CEAMA), que na sua Assembleia de Fundação, realizada de 26 a 29 de junho passado, me pediu que assumisse a presidência. Assim, após um profundo e orante processo de discernimento, e tendo em vista a dimensão do novo serviço eclesial na condução da CEAMA, tomei a decisão de concluir minhas funções na presidência da REPAM.

Neste mesmo sentido e no espírito sinodal, o Cardeal Pedro Barreto assume esta importante tarefa e serviço, sendo o vice-presidente da rede. Ele participou de todo o processo de fundação da REPAM, a partir da reunião realizada em 2013 na cidade amazônica de Puyo, Equador, onde foi proposta a criação desta Rede Eclesial Pan-Amazônica, como resposta de Deus a uma necessidade muito sentida na Pan-Amazônia.

Ao aceitar a presidência da REPAM, o Cardeal Barreto expressou que assume o desafio de "continuar trabalhando juntos, de mãos dadas, mas sabendo que a CEAMA é a expressão de uma estrutura eclesial que abre o caminho para uma renovação da Igreja. Conte comigo em tudo o que é necessário na REPAM, como complemento a CEAMA. Para aplicar as orientações do Sínodo".

A posse do novo presidente da REPAM ocorrerá no dia 9 de novembro, durante a Assembleia da REPAM, que será realizada virtualmente.

Neste sentido, a indicação do novo vice-presidente da REPAM se realizará após um processo de consulta com as REPAM nacionais e instituições fundadoras, e seguindo os critérios e perspectivas Pan-Amazônicas.

É importante ressaltar que a REPAM está vivendo um processo de discernimento e reorganização. Um primeiro passo foi dado no dia 14 de setembro, quando o Ir. João Gutemberg Mariano Coelho Sampaio FMS assumiu a Secretaria Executiva da REPAM, e que nesse momento se está realizando o processo de transição e a transferência da sede da REPAM de Quito (Equador) para Manaus (Brasil).

"Sob a proteção de Maria, Mãe da Amazônia, venerada com váriostítulos em toda a região. Por sua intercessão, pedimos que este Sínodo seja uma expressão concreta da sinodalidade, para que a vida plena que Jesus veio trazer ao mundo (Jo 10,10) chegue a todos, especialmente aos pobres, e contribua para o cuidado daCasaComum". (Documento Final do Sínodo para a Amazônia, n. 120).


Cardeal Cláudio Hummes, ofm

Presidente da REPAM

 

Com informações do VaticanNews

Compartilhe Compartilhe:
Imprimir: Cardeal Pedro Barreto, novo presidente da REPAM Voltar Ir para o Topo RSS
DIOCESE DE BACABAL
Rua Teixeira Mendes Nº 45
(99) 3621-1280
Bacabal - MA
Mariano Leite - Web Designer e Programador PHP e MySql Lourival Albuquerque Silva
BUSCA NO SITE
REDES SOCIAIS
Redes Sociais Diocese de Bacabal no Facebook Diocese de Bacabal no Twitter Diocese de Bacabal no Google Plus Diocese de Bacabal no Youtube